Da longa lista de assuntos que dominarão a cena internacional em 2015, que vou procurar acompanhar aqui, acontecerá  primeiro a eleição geral  em Israel.Será em 17 de março, dois anos antes do previsto, após o primeiro-ministro, Binyamin Netanyahu, ter declarado que era impossível governar com a coalizão no poder.Há vinte anos no centro da política israelense,Netanyahu procura assim revigorar seu poder em circunstâncias diferentes das que encontrou no início de sua trajetória.

- O Ministério das Relações Exteriores confirmou que, após ser executado neste sábado e ter sua morte reconhecida por um médico e emitida a certidão de óbito local, o corpo do brasileiro Marco Archer foi cremado na Indonésia a pedido da família.

Uma tia que acompanhou os últimos dias de Archer está com as cinzas dele e deve retornar a Jacarta, capital da Indonésia, nesta segunda-feira. O Itamaraty não informa se já há previsão de retorno dela ao Brasil.

O governo de Israel afirmou neste domingo que desmantelou a primeira célula do Estado Islâmico no país, composta por sete cidadãos árabes que são acusados de planejar ataques contra o Estado judeu e de se comunicar com o grupo rebelde na Síria.

Os acusados, incluindo um advogado que representa a si mesmo no tribunal, negaram as acusações de pertencer a um grupo ilegal, de ajudar o terrorismo e de entrar em contato com agentes estrangeiros, afirmou um porta-voz do Ministério da Justiça.

Atentado na França mostra que sátira continua a ser vista como ameaça por tiranos e radicais

Descrição da foto: Atentado na França mostra que sátira continua a ser vista como ameaça por tiranos e radicais

RIO - O massacre dos caricaturistas franceses é algo tão inusitado que, mesmo em um mundo em que tantas barbaridades ocorrem todos os dias, tem sua nota de ineditismo. Há algo muito simbólico para os da minha geração no desaparecimento de Wolinski dessa maneira tão trágica. Os que, como eu, tomaram contato com seu humor radical através da revista “O Grilo” ainda nos anos 1970, tinham por Wolinski uma afeição especial pelo que ele representava das liberdades conquistadas, mas também pela forma irreverente com que lidava com elas. Se alguns o taxavam de sexista e talvez machista, ele estava no espírito dos de sua geração, como o nosso quarteto fantástico que marcou época no “Pasquim”: Henfil, Jaguar, Millôr e Ziraldo, que burlava a censura produzindo humor político nos intertextos de suas criações, mas que, como Wolinski, representaram a mulher como objeto de desejo, mas também como dona do seu desejo. Foi o “Pasquim” que deu a Leila Diniz o título de mulher-símbolo de sua geração.

A Grécia se tornou o inesperado epicentro informativo depois da operação antiterrorista da quinta-feira em Verviers (leste da Bélgica), que terminou com 13 detidos e dois suspeitos mortos. Pelo menos quatro pessoas foram presas no sábado em Atenas, supostamente envolvidas com a célula terrorista desmantelada, segundo o jornal grego Kathimerini. Ainda não se sabe se entre os detidos está Abdelhamid Abaaoud, de 27 anos, belga de origem marroquina que a imprensa da Bélgica aponta como mentor da trama. O homem, também conhecido como Abu Omar Sussi, estaria morando na Grécia depois de lutar na Síria como combatente do Estado Islâmico.

Não muito tempo para as eleições

Descrição da foto: Não muito tempo para as eleições

Da longa lista de assuntos que dominarão a cena internacional em 2015, que vou procurar acompanhar aqui, acontecerá  primeiro a eleição geral  em Israel.Será em 17 de março, dois anos antes do previsto, após o primeiro-ministro, Binyamin Netanyahu, ter declarado que era impossível governar com a coalizão no poder.Há vinte anos no centro da política israelense,Netanyahu procura assim revigorar seu poder em circunstâncias diferentes das que encontrou no início de sua trajetória.

Em Noisy-le-Sec, um desses humildes municípios que rodeiam a capital francesa, a escola técnica Théodore Monod leva o nome de um grande explorador francês do século passado, especialista nos desertos e conhecido militante pacifista e pelos direitos humanos. O eco de seu legado continua ecoando hoje em dia entre as quatro paredes deste grande centro educacional de perfil “problemático”, segundo seus diretores, que acolhe 800 alunos de 45 origens diferentes.

O pessoal médico evacuados para uma pessoa em uma maca, enquanto as tropas da elite

Descripción foto: O pessoal médico evacuados para uma pessoa em uma maca, enquanto as tropas da elite

Os acontecimentos desta sexta-feira em Paris e na localidade francesa de Dammartin-en-Goële devem servir para lembrar a sociedade de que o pesadelo jihadista vai muito além de um atentado pontual, a consternação que causa nas horas seguintes e a posterior volta à vida habitual. E mostra que a ameaça do jihadismo é constante e contra todos, tanto para aqueles que estão publicamente marcados, como os caricaturistas do jornal satírico Charlie Hebdo, como para qualquer cidadão que está em seu posto de trabalho ou faz compras em seu

Diante da queixa de legisladores republicanos e do crescente debate nos meios de comunicação, a Casa Branca admitiu nesta segunda-feira que algum funcionário de alto cargo do Governo dos Estados Unidos deveria ter comparecido à manifestação de domingo em Paris contra os atentados jihadistas, da qual participaram mais de 40 líderes do mundo. O representante máximo da marcha multitudinária –que teve a participação de cerca de um milhão e meio de pessoas– foi sua embaixadora na França, Jane Hartley.